Quarta-feira, 14 de Maio de 2008

A minha família

       A minha família é muito especial, ela está sempre ao meu lado e é muito grande.

      O meu avô tem cabelo preto e tem olhos muito bonitos. Quando a minha mãe está triste, telefona à minha avó e ela diz: «Estás bem?» e depois passam muitos minutos a falar.

      Mas agora falemos dos meus primos. Eu tenho muitos primos e quando quero brincar, vou logo brincar com eles. O primo que eu tenho mais perto chama-se Facundo. Eu adoro brincar com ele porque ele é muito pequenino.

      Eu adoro a minha família porque eles amam-me e dão me muito carinho.

 

Valentina (3º Ano)

publicado por Turma A às 16:00
link do post | comentar | favorito

A minha família

 

A minha família é bonita e eu gosto dela.
Eu gosto de fazer estas coisas:
Lavar a roupa, lavar a loiça, lavar o chão e limpar o meu quarto e o da minha mãe.
Eu gosto de brincar com as pessoas da minha família, porque são muito simpáticas e bondosas.

 

 

Madalena (2º Ano)

publicado por Turma A às 15:57
link do post | comentar | favorito

A minha família

      A minha família é a melhor do mundo.

      Eu adoro a minha família porque ela dá‑me muitos presentes no Natal. Também é no Natal que a minha família me dá mais atenção e eu adoro.

      Mas o principal, é que a minha família me dá muito carinho.

 

Bernardo (3º Ano)

publicado por Turma A às 15:56
link do post | comentar | favorito
Segunda-feira, 12 de Maio de 2008

Família de A a Z

 

A – Amo-te família.
B – Brincas comigo.
C – Comunicas comigo.
D – Dás-me muito carinho.
E – Eu sou tão feliz contigo!
F – Fartamo-nos de rir.
G – Gosto muito de ti.
H – Histórias de encantar...
I – Imaginar e sonhar,
J – Jogar e dançar.
L – Lar doce lar.
M – Mar, doce mar.
N – No meu coração, sempre estarás,
O – Olhando por mim,
P – Para eu não me perder.
Q – Que família tão bela!
R – Remamos nas palavras mimadas.
S – Sonho contigo.
T – Transbordamos de amor.
U – Um beijo e um abraço
V – Vivemos juntos no coração
X – Xadrez, queres jogar?
Z – Zoo é onde eu gostava de ir.
 
Turma A
publicado por Turma A às 17:22
link do post | comentar | favorito

A minha Família

 

A minha família é muito querida. Ela está muitas vezes reunida e é bastante bonito.
O meu avô é um bocadinho resmungão mas o resto da minha família não é resmungona.

Eu gosto muito da minha família.

 

Ricardo (3º Ano)

publicado por Turma A às 17:22
link do post | comentar | favorito
Quarta-feira, 7 de Maio de 2008

A estrela aventureira

A estrela aventureira chama-se Berlimbau. Ela era tão divertida que um dia ela foi para a floresta.

Quando chegou à floresta, a Berlimbau conheceu uma pessoa muito estranha chamada Nafi. Depois de a Berlimbau conhecer a Nafi perguntou:

_Olá eu sou a Berlimbau e tu como te chamas?

_Eu chamo-me Nafi.

_Muito prazer em conhecer-te. Gostavas de ir ao céu?

_Sim eu adorava ir ao céu contigo!

Então depois de as amigas se conhecerem melhor foram para o céu.

Quando chegaram foram até ao parque e conheceram a mãe da Berlimbau.

Depois foram brincar, andaram de escorrega e a Nafi disse:

_Que bom ter vindo ao céu!

Valentina (3º Ano)

publicado por Turma A às 09:09
link do post | comentar | favorito
Terça-feira, 6 de Maio de 2008

Trus trus, quem é?

Era uma vez um menino que se chamava Ruizinho.

Todos os dias o Ruizinho passeava pela Aldeia e batia à porta de toda a gente:

_ Trus trus… _ batia ele e depois fugia.

O Ruizinho batia à porta de toda a gente.

Uma vez foi bater à porta de uns velhinhos, ele chamado Alexandrino e a velhinha chamada Betina:

‑ Trus trus…

‑ Quem é?

‑ É o Ruizinho.

E depois fugiu.

Depois foi bater à porta do vizinho Dani mas este pregou-lhe uma partida: meteu super cola 3 na campainha e o Ruizinho ficou lá colado.

Foi assim que o Ruizinho deixou de bater às portas e às campainhas.

Trus trus nunca mais disse o Ruizinho.

Quem faz asneiras é sempre apanhado.

Vanessa (2º Ano)

publicado por Turma A às 12:19
link do post | comentar | favorito

Uma matreirice

Era uma vez uma Traça que só comia paus e os vizinhos chateavam-se cada vez que a Traça comia um pau.

Fazia muuuuito barulho!!!

Um dia, os vizinhos da Traça prepararam‑lhe uma matreirice: arranjaram um balão em forma de pau e puseram água a ferver lá dentro.

A Traça começou a roer o balão e queimou os lábios.

‑ Au, au, au! – queixou‑se a Traça.

‑ Tinóni,tinóni, tinóni…

    E chega a ambulância que o levou logo para o hospital.

Sofia e Bernardo (3º Ano)

publicado por Turma A às 12:18
link do post | comentar | favorito

.Setembro 2008

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30

.pesquisar

 

.posts recentes

. Memórias para os meus alu...

. Memórias para os meus alu...

. Memórias para os meus alu...

. Leituras frescas

. As minhas férias

. O Coração que não tinha A...

. Em Maio

. Dia Internacional da Famí...

. O Dia Internacional da Fa...

. Ciborro celebra Dia Inter...

.arquivos

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

.mais sobre mim

Este blog apresenta textos da Turma A da Escola EB1 de Ciborro. Encontram relatos, informações, histórias, opiniões, convites... Leiam!... que nós por cá, também! (Sob responsabilidade da prof. Betina até 01/09/2008)

.links

blogs SAPO

.subscrever feeds